Charneca da Caparica

aventura_natal0226

O pároco da Charneca de Caparica, Pe. Honório Santos, partiu para a casa do Senhor no passado dia 31 de agosto.

Missionário jesuíta nascido há 78 anos, foi um pastor incansável a cuidar do seu rebanho. A missão esteve sempre no seu ministério e foi ainda como noviço que esteve três anos em Moçambique como parte da sua formação de sacerdote. Após dois anos como capelão do exército em Angola, durante a guerra, regressou à “sua” terra, a Moçambique.

Na província da Angónia esteve em várias das missões que os jesuítas tinham-no terreno. Percorreu os caminhos da missão e até teve guerrilheiros a indicarem-lhe passagens seguras pelos terrenos de combate, tal era o respeito que todos lhe tinham.

Com o seu espírito de missão, contagiou todos, mesmo quando deixou o mato e se instalou na cidade da Beira e fez obra que ainda perdura, como escolinhas e a igreja paroquial.

Quando a saúde não permitiu mais continuar por lá, veio para cá. Instalou-se há 17 anos na paróquia da Charneca de Caparica e nunca deixou esmorecer o espírito missionário. De sorriso e braços abertos, recebia todos. Casava, batizava, atendia todos quantos vinham ter com ele. “Não me interessa que venham só pela festa”, dizia sobre alguns casais que lhe apareciam para se casar, “se lhes tiver ficado lá uma pequena semente que seja, mais tarde há de brotar”, dizia, cheio de esperança e fé, nos casais e na força do Espírito.

Nem as crianças lhe ficavam indiferentes, e todas sabiam o seu nome. Uma vida dedicada à missão que termina. A partir de agora, muitos de nós temos mais um amigo no céu.

 

Ricardo Perna

Partilhe nas redes sociais!
08 de Setembro de 2014