Santa Cruz e Senhora do Rosário receberam novo pároco e colaborador pastoral

PeLuisMartins

A Paróquia de Santa Cruz e a Reitoria de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, receberam, no passado dia 23 de setembro, o novo pároco e reitor, Pe. Luís Martins Ferreira. Na ocasião, D. José Ornelas, Bispo de Setúbal, anunciou ainda o seminarista João Paulo Duarte, que será ordenado diácono em dezembro deste ano, como colaborador pastoral do Pe. Luís Martins naquelas comunidades.

Duas celebrações de tomada de posse, uma em Santa Cruz e outra na Reitoria de Nossa Senhora do Rosário, marcaram a entrada do Padre Luís Martins Ferreira e a despedida do Padre Rui Simão.

O Bispo diocesano, D. José Ornelas, lembrou naquele momento que cada um dos fiéis é convidado a “voltar o seu coração e o seu pensamento para Deus” e que “a lógica do Senhor é a lógica do Amor, cuidado, da humanização, tendo para com todos o mesmo carinho e atenção”.

Reforçando que a tomada de posse de um novo pároco numa paróquia é mais do que um ato administrativo, D. José Ornelas afirmou: “Hoje recebem o Padre Luís, um sacerdote que tem experiência de vida e de serviço na Igreja de Setúbal. Para o Padre Rui, esta foi a sua primeira comunidade. Ele não se vai esquecer de vós e certamente que vós também não. Espero que recebam com alegria, disponibilidade e acolhimento, tanto o Padre Luís como o seminarista João Paulo. Vêm em nome de Deus. Recebam-nos como irmãos”.

Construir uma comunidade justa e fraterna, aberta ao mundo de hoje

Nas primeiras palavras dirigidas às comunidades, o Padre Luís Martins, de 73 anos de idade, recordou que está na Diocese de Setúbal desde 1962 e disse: “Estou muito contente por estar de volta ao Barreiro. Já aqui estive, no Lavradio, e conheço bem esta realidade. É certo que mudou muito, mas estou aqui para anunciar ao Evangelho. Não tenho o vigor e a energia do Padre Rui, mas espero, como todos, construir uma comunidade justa e fraterna, aberta ao mundo de hoje”.

Já o Padre Rui Simão, assinalou que, tendo sido aquela a sua primeira paróquia, foi ali que aprendeu a ser Pastor: “Vim para aqui recém-ordenado. E foi no contacto direto com as pessoas, convosco, que aprendi a ser pároco e a apascentar as ovelhas do Senhor. Apesar de ir para outra comunidade, nunca vou esquecer esta primeira onde estive”.

Anabela Sousa

Fotografias disponíveis no Facebook da Diocese de Setúbal, clicando aqui.

Foto: Natércia Ribeiro

Partilhe nas redes sociais!
23 de Setembro de 2017