Charneca de Caparica: Novas acessibilidades na Igreja Matriz e projeto do Pavilhão de N.ª S.ª da Rosa

20180112-Paroquia-Charneca-Caparica

Novas acessibilidades na Igreja Matriz, a conclusão do projeto do Pavilhão de Nossa Senhora da Rosa e uma noite de fados para angariação de fundos para a construção da nova Igreja são as novidades que chegam da Paróquia da Charneca de Caparica, e que nos são descritas pelo pároco, Padre Francisco Mendes.

Igreja Matriz vai ter novas acessibilidades

Um dos maiores problemas da Igreja Matriz da Charneca de Caparica, além do seu exíguo espaço interior, é a questão das acessibilidades e da segurança. De facto, os espaços não estão preparados para acolher facilmente pessoas com mobilidade limitada, nem as questões de segurança para acautelar uma saída mais precipitada numa situação de emergência estão acauteladas. Do mesmo modo, também não havia seguro multirriscos para as instalações, nem sistema de segurança.

No que se refere a estas duas últimas dificuldades, as questões já foram resolvidas, com a montagem do sistema de segurança e a contratação de um seguro suficiente para as eventualidades mais relevantes no que se refere às instalações, ficando por resolver o resto. Contudo, e sem mais delongas, a partir já do próximo dia 22, se não houver atrasos inesperados, as instalações da Matriz irão sofrer intervenção para resolver as questões mais prementes.

Assim, será aberto um novo acesso para as capelas mortuárias, o qual em conjunto com a correcção da inclinação da rampa já existente possibilitará a pessoas com mobilidade condicionada o pleno acesso àqueles espaços. Também a Igreja verá a sua fachada principal ajustada para garantir melhor segurança e acessibilidade, com os acessos ao templo e às salas rampeados e com todas as portas a abrir para o exterior, ao contrário do que hoje sucede. Do mesmo modo, para melhorar a segurança, serão colocadas portas de emergência nas laterais da Igreja, de modo a precaver possíveis necessidades aquando de uma situação crítica.

A deslocação do cartório paroquial para outro local da Igreja, com acesso directo ao exterior, permitirá também melhor acessibilidade a quem tem de tratar dos seus assuntos nos serviços paroquiais, e ajudando a libertar espaços e racionalizar as circulações dentro do edificado.

As obras serão faseadas e procurando perturbar o menos possível, mas inevitavelmente surgirão constrangimentos, dos quais se irá dando conta tão atempadamente quanto possível, e pedindo desde já a compreensão de todos para os incómodos causados. As intervenções têm uma duração prevista de 60 dias.

Projecto do Pavilhão de Nª Sª Rosa concluído

O projecto de fecho e conclusão do Pavilhão de Nª Sª Rosa, no terreno onde nascerá a futura Igreja Paroquial da Charneca, com a mesma invocação, está pronto.

Elaborado pelo Arquitecto José Quintela, membro da Comissão Instaladora da Nova Igreja, o projecto veio definir os vãos das portas e janelas definitivas que ali serão colocadas, bem como as circulações interiores e arrumações dos espaços internos e adjacentes.

Este pavilhão será o local onde celebraremos boa parte das iniciativas da paróquia, e onde, inclusivamente, algumas das Missas passarão a ser celebradas até à construção e Dedicação da Igreja de Nª Sª Rosa.
Seguem-se agora as fases de orçamentação, adjudicação e obras de fecho da estrutura, de modo a que, no mais breve tempo possível o pavilhão esteja terminado.

António Pinto Basto na Noite de Fados

Na noite de fados do próximo dia 26, no Salão da Igreja de Vale de Figueira, poderemos contar com a voz e a arte de António Pinto Basto, que vem apoiar a comunidade da Charneca de Caparica na construção da Igreja de Nª Sª Rosa.

Além do famoso fadista, outros se juntam a este evento solidário: Marilou de Matos, Maria Armanda, Valentim Martins, Edite Branco. Acompanham António Pinto Basto, à guitarra portuguesa, Diniz Lavos, e Mário Estorninho à viola. Acompanham os restantes artistas Jorge Pimentel à guitarra e à viola Nuno Cardoso. Actua ainda também o grupo «Uma espécie de fado», com a fadista Elisabete.

Marcações no fim das Eucaristias; informações pelo e-mail paroquiacharneca@gmail.com.

Pe. Francisco Mendes, pároco da Charneca de Caparica

Partilhe nas redes sociais!
13 de Janeiro de 2018