Centro de Documentação promove formação sobre conservação documental

20180414-Centro-Documentacao-Formacao

No âmbito das atividades de difusão cultural e de salvaguarda do património documental, o Centro de Documentação de Instituições Religiosas e da Família irá realizar uma ação de Formação  sobre métodos e formas de exposições , intitulada “Princípios da conservação, métodos e formas de exposição”, que terá lugar no auditório do Centro de Documentação (edifício junto à Capela S. João da Ramalha), no dia 25 de maio (sexta-feira), das 10.30h às 13.30h e das 15.00h às 18h (6 horas de formação).

O custo de participação é de 35 € e inclui os materiais e equipamentos necessários para a realização da vertente prática. As inscrição deverão ser feitas até dia 23 de maio de 2018, para o email cdoc.irf@cparoquial-covapiedade.pt, tendo o limite máximo de 12 participantes.

Esta ação de formação teórico-prática será ministrada pela conservadora-restauradora Dra. Helena Nunes, Sócia Gerente da empresa “Mão de Papel- Conservação e restauro de Obras de arte, Lda.” e formada pela Escola Superior de Conservação e Restauro de Lisboa. Possui já uma longa experiência, assente no rigor e mestria na execução de trabalhos de conservação preventiva, conservação e restauro e montagem de exposições, para diversas instituições públicas e privadas, das quais se destacam: a Câmara Municipal de Lisboa, (como orientadora técnica), Assembleia da República, Fundação de Serralves, Museu e centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Palácio Nacional de Queluz, Palácio Nacional da Ajuda, Fundação Oriente, Palácio de Monserrate em Sintra, Museu Nacional de Arqueologia, Diocese de Beja. 

Alexandra Figueiredo, Centro de Documentação de Instituições Religiosas e de Família (Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro)

Nota: O Centro de Documentação de Instituições Religiosas e da Família, tutelado pelo Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro, pretende salvaguardar e dar a conhecer o património documental existente nas paróquias da Diocese de Setúbal. Com este objetivo realiza a inventariação, tratamento arquivístico, conservação e digitalização deste tipo de acervos, e agora também, a divulgação da rúbrica o “Livro do Mês do Centro de Documentação”, para difundir o seu acervo digital, de modo a que a informação seja de todos. Mais informações, aqui.

Partilhe nas redes sociais!
14 de Abril de 2018