Colégio dos Consultores

Cân. 502 do Código do Direito Canónico

— § 1. De entre os membros do Conselho presbiteral sejam livre mente nomeados pelo Bispo diocesano alguns sacerdotes, em número não inferior a seis nem superior a doze, que formem durante cinco anos o colégio dos consultores, ao qual competem as funções determinadas pelo direito; terminados os cinco anos, continuará a exercer as suas funções até que se constitua novo colégio.

— § 2. Ao colégio dos consultores preside o Bispo diocesano; no impedimento ou vagatura da sé, aquele que ocupar interinamente o lugar do Bispo ou, se ainda não tiver sido constituído, o sacerdote do colégio dos consultores mais antigo na ordenação.

— § 3. A Conferência episcopal pode determinar que as funções do colégio dos consultores sejam cometidas ao cabido catedralício.

Fonte: http://www.vatican.va/archive/cod-iuris-canonici/portuguese/codex-iuris-canonici_po.pdf

Membros

  • Pe. José João Aires Lobato
  • Pe. Luís Miguel Matos Ferreira
  • Pe. Horácio Manuel da Silveira Noronha
  • Pe. José Gomes Lopes Gusmão
  • Pe. José Manuel de Morais Salgueiro Teixeira de Abreu
  • Pe. Casimiro Simão Abreu Rodrigues
  • Pe. José Gil de Borja Pinheiro Ribeiro