Orações


Prólogo: No deserto (Mc 1,1-13)

22 de Fevereiro

Bendito sejas, Senhor nosso Deus,
eternamente fiel às tuas promessas,
que nunca abandonas a humanidade
e acompanhas a nossa existência
com amor de Pai.

Bendito sejas por aqueles que enviaste em teu nome,
por João Batista e os profetas,
vozes que guiaram o povo
e prepararam caminhos novos
e nova história.

Bendito sejas por Jesus,
o teu Filho muito amado,
feito homem entre nós,
para nos fazer teus filhos e filhas queridas
pelo dom do teu Espírito
que nos renova no batismo.

Bendito sejas por todos quantos
anunciam a tua Palavra
e preparam os teus caminhos
fazendo dom da própria vida
posta ao serviço do teu povo.

Conduz-nos também nós
ao deserto do teu encontro,
para encontrar o teu rosto amigo,
discernir o nosso caminho
e anunciar o teu Reino
de justiça, amor e paz.

AMEN.

Parábolas: os de Dentro e os de Fora (Mc 4,1-6,29)

08 de Março

JESUS, NOSSO SENHOR E NOSSO MESTRE,

Bendito sejas Tu que semeias,
na nossa mente e no nosso coração,
em parábolas da nossa língua e nossa vida,
a Palavra do Pai, pelo teu Espírito.
Que ela cresça e produza bom fruto,
gerando vida, coragem e esperança.

Bendito sejas Tu que estás connosco
no barco das tempestades e bonanças,
onde parecendo dormir, estás bem atento
ao nosso medo, ânsia e dúvida.
Dá-nos fé no teu poder amigo,
mesmo a gritar: Senhor, ajuda-nos!

Bendito sejas Tu que multiplicas
os pequenos pães da nossa oferta,
que nas tuas mãos se tornam muitos,
para a multidão que anda faminta.
Dá-nos a alegria de lutar sempre,
para que a ninguém falte pão e vida.

Bendito sejas Tu que nos envias
a praias novas e distantes,
de outras gentes, outros usos, outras leis,
onde Tu caminhas à nossa frente.
Faz que te reconheçamos também lá,
com outra cara, outro manto, outras dores.

Bendito sejas Tu que nos renovas
em nossas tradições e nosso futuro,
pela fé no teu amor eterno e fiel,
que acompanha e recria a tua Igreja.
Faz que cheguemos um dia à tua casa,
na alegria e paz da missão cumprida.

AMEN

Primeiro Anúncio na Galileia: Adesão e rejeição (Mc 1,14-3,35)

08 de Março

SENHOR,

Para que o Teu Reino aconteça,
desperta-nos para escutar a tua voz
que nos chama a seguir-te
nos diferentes caminhos da missão.

Para que o Teu Reino aconteça,
ajuda-nos a discernir,
com fé, oração e silêncio,
a tua presença que cura e liberta,
sem depender de grandes sinais e prodígios
para acreditar em Ti.

Para que o Teu Reino aconteça,
continua a chamar crianças, jovens e adultos
para estarem mais perto de ti,
como discípulos e anunciadores do teu Evangelho.

Para que o Teu Reino aconteça,
transforma-nos em instrumentos da tua graça,
Na construção de um mundo novo
de justiça amor e paz.

Para que o Teu Reino aconteça,
ensina-nos a partir do conforto individual
e a confiar que Tu caminhas connosco
ao encontro daqueles que precisam.

Para que o teu Reino aconteça,
abre o nosso coração
aos horizontes da vida que não acaba,
nas mãos do teu e nosso Pai,
para onde caminhamos com esperança,
guiados pelo teu Evangelho.

AMEN

Revelação e Incompreensão (Mc 6,30-8,26)

15 de Março

JESUS, SENHOR E MESTRE,

Bendito sejas Tu que nos convidas
a repousar e a estar contigo,
escutando a tua Palavra e vivendo dela,
agradecidos por poder trabalhar,
próximos dos que estão desempregados,
atentos a não ser escravos do trabalho
sábios para construir a família, a comunidade, a cidade.

Bendito sejas pelo dom do pão,
por aqueles que o partilham e oferecem
os seus pequenos dons, tudo o que têm,
pois é desse pouco que se multiplica
o pão para saciar a multidão.
Faz-nos sentir a tua compaixão
pelos famintos de pão, de amor e de esperança.

Bendito sejas Tu que nos libertas
para ver o rosto misericordioso do Pai do céu,
para além das leis e tradições,
guiados pela tua Lei do amor.
Dá-nos um coração como o teu,
capaz de sentir e se compadecer
de toda a pessoa aflita e humilhada,
sem distinguir raça, cultura, nação ou credo.

Bendito sejas Tu que nos guias
como discípulos que te seguimos
incoerentes, por vezes, fracos e mesquinhos,
mas querendo, sempre e esperando,
que nos abras os olhos e ouvidos para entender
e nos faças sempre proclamar
que só Tu és Mestre e Senhor.

ÁMEN

Quem dizeis que Eu sou? O Messias Crucificado (Mc 8,27-9,29)

22 de Março

Senhor Jesus Cristo,
Messias ungido pelo Espírito,
enviado para anunciar a Boa Nova
de Deus fiel às suas promessas.
Aceita a nossa fé vacilante;
faz-nos livres para seguir o teu caminho.

Filho do Homem, crucificado,
que assumiste a nossa fragilidade,
partilhando a nossa miséria, dor e morte,
recusando a violência, em nome do Deus Santo.
Dá-nos coragem para lutar, confiar e semear,
fazendo da vida dom solidário de esperança.

Filho amado do Pai,
que nos guias ao deserto do Seu encontro,
e à montanha da revelação da tua glória,
na penumbra e no drama desta vida.
Desperta o nosso coração para vislumbrar
o teu Reino a nascer já nesta terra.

Mestre, Caminho e Vida,
com Pedro balbuciamos a fé em Ti,
seguindo incertos os teus passos firmes,
fechados no que temos e sabemos.
Confirma em teu Caminho a nossa busca;
Conduz-nos pela cruz de amor à eterna Vida.

ÁMEN