Centro de Documentação realizou ação de formação sobre a conservação do património documental

20180308-Centro-Documentacao-Formacao

Centro de Documentação das Instituições Religiosas e da Família do Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro, pertencente à Paróquia da Cova da Piedade, realizou no passado dia 2 de março de 2018, durante todo o dia, uma ação de formação designada “Breves considerações à Conservação preventiva e execução de sistemas de acondicionamento para documentos de arquivo e biblioteca”, ministrada pela Conservadora-restauradora Dra. Helena Nunes, formadora e sócia gerente da empresa Mão de Papel- Conservação e restauro de Obras de Arte, Lda.

Nesta formação participaram diversos profissionais interessados pela conservação e salvaguarda do património documental, vindos não só do concelho de Almada, mas das mais variadíssimas partes do País, nomeadamente de Setúbal, Seixal, Moita, Oeiras, Lisboa e Lagoa.

Durante esta ação de formação teórico-prática foram abordados temas como os cuidados a ter no manuseamento dos documentos gráficos, os mais adequados sistemas de acondicionamento e de armazenamento, algumas intervenções conservativas na prevenção do documento de arquivo e/ou de biblioteca, os fatores de degradação dos acervos documentais e as medidas preventivas a aplicar; mas também foram executadas, por cada participante, caixas para acondicionamento de documentos, em formato rolo e para livros.

Ainda houve “espaço” para a troca de experiências, esclarecimento de dúvidas e convívio entre os participantes.

Alexandra Figueiredo, Centro de Documentação de Instituições Religiosas e de Família (Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro)

Nota: O Centro de Documentação de Instituições Religiosas e da Família, tutelado pelo Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro, pretende salvaguardar e dar a conhecer o património documental existente nas paróquias da Diocese de Setúbal. Com este objetivo realiza a inventariação, tratamento arquivístico, conservação e digitalização deste tipo de acervos, e agora também, a divulgação da rúbrica o “Livro do Mês do Centro de Documentação”, para difundir o seu acervo digital, de modo a que a informação seja de todos. Mais informações, aqui.

Partilhe nas redes sociais!
08 de Março de 2018