Vale de Figueira foi elevada a Paróquia

20180609-Vale-Figueira-Paroquia-02

Vale de Figueira foi elevada a Paróquia, no passado sábado, dia 09 de junho, na data em que se celebrava a sua padroeira. A celebração foi presidida pelo Bispo diocesano, D. José Ornelas, concelebrada pelo pároco, Padre David Caldas, e pelo vigário paroquial, Padre Francisco Mendes. Presente esteve também o reitor do Seminário de Almada, Padre Rui Gouveia.

Após a leitura do decreto de elevação a Paróquia, logo no início da Eucaristia, o Bispo de Setúbal benzeu a nova imagem do Imaculado Coração de Maria da recém-criada Paróquia. Na celebração foram ainda crismados oito jovens e um adulto.

D. José Ornelas destacou o desenvolvimento da comunidade e afirmou que este é o início de uma nova etapa. Exortou, ainda, à fraternidade comunitária, ativa e solidária, na diversidade dos membros que compõem a nova Paróquia de Vale de Figueira, e lembrou o trabalho desenvolvido pelos Jesuítas ao longo do tempo em que ali estiveram enquanto responsáveis da comunidade.

Aos jovens crismados, o Bispo de Setúbal pediu que assumissem, na comunidade, um papel ativo: “O cristão não pode ser abstencionista e não vem aqui, simplesmentem assistir à missa. Aqui, toda a gente anda ao ritmo do Evangelho – disse – Sejam gente inconformada, não fiquem a ver passar a procissão e carreguem o andor. Sejam gente que aprende a capacidade de entender e participa na comunidade, nesta, agora, Paróquia”.

O pároco de Vale de Figueira, Padre David Caldas, no final da celebração agradeceu ao Bispo diocesano a confiança e, dirigindo-se à comunidade, afirmou: “Somos Paróquia, não para nos acomodamos, mas para, com novo empenho, olhar à nossa volta e ver o que temos para fazer. Há, ainda, muitos corações para tocar e confortar. Não podemos ficar indiferentes. Temos Nossa Senhora como exemplo e protetora. Só não faremos mais se não quisermos”.

Presente na celebração esteve a Presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês de Medeiros, que deixou uma palavra de parabéns à nova paróquia: “Em nome do Município, todos em conjunto havemos de nos mobilizar para o bem da nossa comunidade. Nem tudo é tão rápido como gostaríamos, mas contem com o município para estar ao vosso lado e vos ajudar”.

No final, foi lida e assinada a ata da elevação a Paróquia.

AS

Partilhe nas redes sociais!
09 de Junho de 2018