Padre João Paulo Duarte é o mais novo presbítero da Diocese de Setúbal

No passado dia 17 de junho, a Diocese de Setúbal viveu uma tarde festiva com a ordenação de um novo sacerdote: o Padre João Paulo Duarte. Esta foi a primeira ordenação presbiteral de um sacerdote diocesano presidida pelo Bispo de Setúbal, D. José Ornelas.

Ordenado Diácono no passado dia 08 de dezembro, o Padre João Paulo Duarte é originário de Sobral da Abelheira, em Mafra. A sua formação foi concluída no Seminário de Almada e é, atualmente, colaborador da Paróquia de Santa Cruz (Barreiro).

Um Padre missionário, à imagem de Cristo, Bom Pastor

Na homilia, o Bispo de Setúbal pediu ao novo presbítero para levar a Boa Nova aos pobres e ser um Padre à imagem de Cristo, Bom Pastor: “Não sejas mercenário, centrado em ti próprio, na tua grandeza, importância ou interesse – disse D. José Ornelas ao Padre João Paulo – mas assume, com humildade e alegria o papel de orientar e guiar, imitando o Senhor manso e humilde de Coração, no serviço que Ele te pede à sua comunidade. Sê pobre e desprendido, para que nada te falte para a missão a que te dedicas”.

O Prelado pediu ainda que o mais novo padre da Diocese de Setúbal esteja aberto à missão universal da Igreja. “Sente o apelo da Igreja missionária que queremos e somos chamados a ser. Sê um padre missionário, numa Igreja missionária, em saída, pois esse é o dinamismo do Espírito Santo que agora vamos implorar para que venha sobre ti. Como o profeta dos pobres, como o Bom Pastor à procura da ovelha perdida, como Pedro abrindo novos caminhos à Igreja, sê um padre missionário atento e misericordioso, aqui e onde quer que Deus te envie, para anunciares a Boa Nova do Seu amor transformador, modelado pelo seu Coração de Bom Pastor”.

(Leia, aqui, a homilia completa de D. José Ornelas)

Unidos à Diocese de Viseu pela ordenação do novo Bispo e solidários com a memória dos incêndios de Pedrógão

No início da celebração, D. José Ornelas lembrou a ordenação episcopal do novo Bispo de Viseu, D. António Luciano, que era ordenado à mesma hora: “A nossa oração alarga-se também à solidariedade com as dioceses de Viseu e da Guarda. Nesta última, a esta mesma hora, se celebra a ordenação episcopal do novo bispo de Viseu. Para o D. António Luciano, pedimos a plenitude do Espírito do Senhor, que o acompanhe no serviço episcopal que está para iniciar”, afirmou.

D. José Ornelas assinalou, ainda, a memória dos incêndios de Pedrógão que tinham acontecido há, precisamente, um ano atrás. “Sentimo-nos ainda solidários com os habitantes de Pedrógão que celebram a memória dos incêndios de há um ano – disse o Bispo de Setúbal – Com eles pedimos ao Senhor que acolha nos seus braços os que morreram vítimas dos incêndios e dê coragem aos seus, para recomeçarem uma nova vida”.

A primeira ordenação presbiteral para a Diocese de Setúbal em quatro anos

A última ordenação de sacerdotes para a Diocese de Setúbal tinha acontecido há quatro anos, em julho de 2014, com a ordenação presbiteral do Padre José Joaquim e do Padre Tiago Pinto, pelo atual Bispo emérito, D. Gilberto dos Reis. Já mais tarde, em abril de 2016, D. José Ornelas ordenou o Padre Luiz Carlos, missionário da Aliança de Misericórdia.

No final da celebração, numa Sé que encheu para a ordenação do novo presbítero, o Padre João Paulo foi cumprimentado pelos muitos familiares e amigos ali presentes. A festa continuou, depois, no Seminário de São Paulo, em Almada, com um jantar entre amigos.

Anabela Sousa

Partilhe nas redes sociais!
19 de Junho de 2018