CPM de Setúbal celebrou 50 anos a apontar “caminhos de renovação”

No passado Domingo, dia 23 de setembro, os Centros de Preparação para o Matrimónio (CPM) da Diocese de Setúbal assinalaram, no Santuário de Cristo Rei, os 50 anos da constituição da primeira equipa CPM na, à data, Região Pastoral de Setúbal do Patriarcado de Lisboa. Na Eucaristia, o Bispo diocesano assinalou a importância do CPM na preparação dos casais jovens para o matrimónio, mas referiu que é preciso apontar “caminhos de renovação”.

“Estão aqui aqueles que iniciaram esta primeira equipa de CPM em Setúbal e reconhecemos o trabalho desenvolvido na forma como ajudaram muitos casais a caminhar, mas temos que encontrar caminhos novos e procurar que os jovens casais se comprometam”, disse D. José Ornelas.

Depois destes dois últimos anos em que a Diocese sadina se dedicou à Pastoral Familiar, e quando se prepara para um biénio dedicado à Juventude e Vocações, o Bispo de Setúbal afirmou ser essencial “trabalhar com os jovens”.

“Este é um grande desafio para nós – destacou – Trabalhar com os jovens a partir do caminho da vida, apresentar-lhes propostas de vida à luz do Evangelho e ajudá-los a crescer na sua vocação, que não é só para os seminários e conventos, mas sobretudo para a família. A nossa Igreja tem que ser maternal, capaz de acolher e acompanhar a Juventude”.  

Presentes na Eucaristia estiveram, ainda, o atual assistente do CPM de Setúbal, Padre Afonso Liberal, e o primeiro assistente, Padre José Lobato.

Após a Eucaristia seguiu-se um almoço partilhado e, da parte da tarde, foi apresentado, pela Direção do CPM Portugal, o novo guia para noivos e famílias, “Caminhada em Matrimónio” que vem substituir os atuais “Guias de Diálogo”.

AS

Partilhe nas redes sociais!
25 de Setembro de 2018