comprehensive-camels

JMJ 2022: Papa anunciou tema para Jornada Mundial da Juventude em Lisboa

20190622-JMJ-2022-Tema-01

O Papa Francisco anunciou, ontem, dia 22 de junho, os temas escolhidos para o itinerário de três anos das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), que culmina com a celebração internacional do evento, a decorrer em Lisboa no verão de 2022.

“A próxima edição internacional da JMJ será em Lisboa, em 2022. Para esta etapa de peregrinação intercontinental dos jovens escolhi como tema ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ (Lc 1, 39)”, disse o pontífice, no Vaticano.

Francisco falava  aos jovens participantes no XI Fórum Internacional da Juventude dedicado ao Sínodo e à Exortação Apostólica ‘Cristo Vive’, uma iniciativa promovida pela Santa Sé.

No seu discurso, o Papa manifestou a intenção de que estes temas promovam uma “harmonia” entre o itinerário para a JMJ 2022 e o caminho da Igreja Católica após o Sínodo dedicado às novas gerações (outubro de 2018).

Desejo que haja uma grande sintonia entre o itinerário para a JMJ de Lisboa e o caminho pós-sinodal. Não ignorem a voz de Deus, que impele a levantar e seguir os caminhos que Ele preparou para vocês. Como Maria, e junto com ela, sejam portadores da sua alegria e do seu amor, todos os dias“, referiu.

A edição portuguesa (37ª JMJ) tem como tema uma passagem do Evangelho de São Lucas (Lc 1, 39) relativa à visita da Virgem Maria à sua prima, Santa Isabel, mãe de São João Batista.

Em 2020, a celebração da JMJ acontece a nível diocesano, nas várias comunidades católicas, no Domingo de Ramos (5 de abril) e o tema escolhido pelo Papa Francisco é ‘Jovem, eu te digo, levanta-te!’ (Lc 7, 14), uma afirmação de Jesus Cristo que surge no contexto de um relato de ressurreição do filho único de uma mulher viúva – uma situação de particular fragilidade no contexto do mundo judaico de então.

Para 2021, com celebração igualmente a nível diocesano (28 de março), a proposta é a passagem do livro bíblico dos Atos dos Apóstolos relativa à conversão de São Paulo: “Levanta-te! Eu te constituo testemunha do que viste!” (At 26, 16).

O Papa disse aos jovens que se reuniram no Vaticano, incluindo dois representantes portugueses, que são o “hoje de Deus, o hoje da Igreja”.

A Igreja tem necessidade de vocês para ser plenamente ela própria. Como Igreja, são o Corpo do Senhor Ressuscitado, presente no mundo. Peço que se lembrem sempre que são membros de um único corpo, estão ligados uns aos outros e não sobrevivem sozinhos”, assinalou.

“Acordar para a vida”

Leia, em seguida, o comunicado do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. 

Esses são os temas escolhidos pelo Papa Francisco para o itinerário trienal das Jornadas Mundiais da Juventude, que culminarão com a celebração internacional do evento previsto para Lisboa em 2022:

XXXV Jornada Mundial da Juventude 2020
Jovem, eu te digo, levanta-te! (cf. Lc 7, 14)

XXXVI Jornada Mundial da Juventude 2021
Levanta-te! Eu te constituo testemunha do que viste! (cf. At 26, 16)

XXXVII Jornada Mundial da Juventude 2022
“Maria levantou-se e partiu apressadamente” (Lc 1, 39)

O caminho espiritual indicado pelo Santo Padre, prossegue com coerência a reflexão iniciada na última Jornada Mundial da Juventude (2019), seguindo, assim, o caminho sinodal com a Exortação Apostólica Christus vivit. Nela (n.º 20), o Papa cita o versículo de Lc 7, 14, exortando os jovens a deixarem-se tocar pela força do Senhor ressuscitado e a retomar “o vigor interior, os sonhos, o entusiasmo, a esperança e a generosidade” que caracterizam a juventude.

Estes três temas têm em comum o convite aos jovens a “levantar-se”, a apressar-se para viver o chamamento do Senhor e para anunciar a boa notícia, assim como Maria o fez depois de ter pronunciado o seu “aqui estou”. O verbo “levantar-se” no texto original de São Lucas tem também o significado de “ressuscitar”, “acordar para vida”.

AS com Agência Ecclesia

Partilhe nas redes sociais!
23 de Junho de 2019