comprehensive-camels

Covid-19: Conselho Permanente da CEP emite orientações sobre manifestações religiosas no atual contexto de pandemia

2020-10-12-Procissao-das-velas-12-outubro-7-banner

Em comunicado, o Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa afirma que procissões, peregrinações, festas, romarias, concentrações religiosas, acampamentos e outras atividades similares em grandes grupos só podem ser consideradas “após cuidada ponderação e avaliação de riscos pela autoridade diocesana, desde que se observem todas as regras sanitárias e de segurança e se obtenha o acordo das autoridades competentes”.

“A atual situação pandémica que se vive em Portugal revela melhorias segundo os indicadores que são públicos, em grande parte devido ao bom andamento do processo de vacinação da população, o que não impede que se continue, com responsabilidade solidária, a observar todos os cuidados de saúde” avalia o Conselho Permanente.

O organismo da Igreja Católica Portugal reafirma as orientações em vigor para as celebrações litúrgicas, publicadas pela Conferência Episcopal Portuguesa a 8 de maio de 2020.

“Em relação a outras formas de manifestação religiosa, seguimos as orientações da Direção Geral de Saúde quanto a manifestações deste género, nomeadamente o número de pessoas, o distanciamento social, as regras de higienização e o uso de máscaras” afirmou o Secretário da CEP na conferência de imprensa de 12 de maio.

JM

Covid-19: Orientações da Conferência Episcopal Portuguesa para a celebração do culto público católico

Partilhe nas redes sociais!
18 de Maio de 2021