Dia Internacional do Voluntariado: Missão em Família

20171205_Voluntariado_Sofia_Leite_01

Hoje é Dia Internacional do Voluntariado: foi decretado pelas Nações Unidas em 1985. Por isso, trazemos-lhe o testemunho de um jovem casal da nossa Diocese, Bruno e Sofia Cardoso Leite, que estiveram em voluntariado missionário na Guiné-Bissau. Duas semanas “no terreno” que implicaram meses de preparação deste casal originário do Barreiro. Desde sempre ligados à congregação dos Missionários do Espírito Santo (Espiritanos), mais concretamente nos Jovens Sem Fronteiras, este não é o primeiro projeto de voluntariado missionário em que o Bruno e a Sofia participam, mas foi o mais recente e vivido em família.

Guiné-Bissau, terra de Missão

“Gabú cidade de Missão, maioritariamente muçulmana, tem na igreja católica um rosto de Cristo testemunhado pela equipa missionária. Sofia e Bruno Leite, casal que partiu no passado mês de Outubro, durante duas semanas em trabalho para a Solsef (Sol sem Fronteiras), acolhidos pelo Pe. Daniel Boubane, sssp (Espiritano).

Natural da Guiné-Conacri, acolhe-nos e faz-nos parte da missão católica de Gabú. «Um homem garandi», um homem da missão que se faz parte do povo, que já é seu. Não fala apenas o Crioulo, mas domina também o Fula, dialeto do povo de Gabú.

Com a presença de Espiritanos desde 2004 é uma paróquia da diocese de Bafatá numa área vasta de terreno muito disperso. O catolicismo torna-se uma missão de primeira linha. Durante as horas de oração, toda a localidade ouve os ritos islâmicos e torna-se interessante o bom convívio das duas religiões. Nesta localidade a evangelização é feita com o testemunho diário pois em muitos casos é a primeira vez que ouvem falar de Jesus Cristo.

Numa paróquia imensa, onde as estradas até às tabancas são muito complicadas e levam horas a chegar, muitas são as terras onde não se fala de Jesus Cristo. Com várias comunidades, Pitche, Sonaco e Pirada foram as comunidades que visitámos e que receberam o material angariado para os jardins de infância.

Como enfermeira, a missão da Sofia passou pelo apoio ao Centro Ambulatório de Cuntum Madina e ao Centro de Reabilitação Nutricional, no Hospital Regional de Gabú. Aqui, foi desafiante comunicar com dialetos muito diferentes, mas quando temos por base a defesa da vida e bem-estar das crianças a linguagem torna-se universal e evangelizadora.

O Bruno esteve mais ligado ao trabalho pastoral, nomeadamente com os jovens. Ajudou ainda na área da comunicação, com a criação de um blog paroquial (http://paroquiasantaisabelgabu.blogspot.com) para ajudar na divulgação de informação.

Tivemos ainda a oportunidade de almoçar com o bispo de Bafatá, D. Pedro Zilli, a quem demos a conhecer o nosso projeto e nos disponibilizamos para o serviço na sua diocese.

Nesta viagem, fizemos também o acompanhamento do projeto “Nutrir a Aprendizagem” no Jardim Infantil Bispo Dom Settimio, do projeto “Edificando Educação”, em Calequisse e levantamento de necessidades para futuros projetos na Guiné-Bissau.

A viagem da Sofia foi no âmbito do projeto de Voluntariado Internacional: “Cuntum Madina em Desenvolvimento”, o qual teve o apoio do IPDJ – Instituto Português do Desporto e da Juventude e dos Voluntários com Asas da TAP.”

Sofia e Bruno Cardoso Leite

 

Partilhe nas redes sociais!
05 de Dezembro de 2017