XXI Festival da Canção Jovem Cristã na Vigararia do Seixal

4Ev-Trier

No passado sábado, dia 8 de Maio, a três dias da chegada do Papa Bento XVI a Portugal, realizou-se na Vigararia do Seixal, o XXI Festival da Canção Jovem Cristã. Este ano, organizado pela jovem Paróquia de Pinhal de Frades, o festival teve como tema «Bom Mestre que hei-de fazer para herdar a vida eterna?».

 

Das nove Paróquias que compõem a Vigararia do Seixal, apenas duas, Amora e Seixal, não participaram no Festival. Todas as outras aceitaram o desafio proposto e concorreram: Miratejo, Corroios, Vale de Milhaços, Paio Pires, Arrentela, Pinhal de Frades e Fernão Ferro.

 

O Festival começou às 21.30h no Centro de Solidariedade Social de Pinhal de Frades, mas já antes, durante a tarde, as bandas tinham estado a fazer os testes de som para que à noite nada falhasse. Para o grupo organizador, que nunca tinha vivido um momento destes, os preparativos já tinham começado alguns meses antes.

 

No final, o resultado foi um Festival com muita festa, «momentos originais, elevação e maturidade», como referiu Pedro Ferreira, um dos responsáveis da organização e membro da EVIPAGIL (Equipa Vicarial da Pastoral Juvenil). Parte do sucesso deste Festival foi, diz ainda, a intervenção de todos os sacerdotes da vigararia que alinharam numa brincadeira proposta pela organização e filmaram, antecipadamente, alguns vídeos que foram passados no evento e que tinham o objectivo de esclarecer o tema do Festival.

 

O primeiro lugar deste concurso foi atribuído à canção de Miratejo, «Viver Eternamente», que também ganhou o prémio de melhor música. A melhor interpretação foi atribuída a Pinhal de Frades, com a canção «O Teu olhar» e Corroios levou para casa o prémio de melhor letra com a canção «Rumo ao céu».

 

D. Gilberto dos Reis, o Bispo de Setúbal, não esteve presente no Festival da Canção Jovem Cristã do Seixal mas enviou uma mensagem aos jovens, formulando o desejo de que através do festival, «possam encontrar resposta adequada a esta pergunta decisiva  para todos os homens e de todos os tempos: que hei-de fazer para alcançar a vida eterna?».

 

O prelado disse ainda que esperava a participação activa e feliz dos jovens no acolhimento festivo ao Santo Padre e a participar no A3 Jovem.

 

Anabela Sousa

 

 

Partilhe nas redes sociais!
11 de Maio de 2010