D. José Ornelas constituiu Comissão Preparatória para a criação da Fundação Manuel da Silva Martins

20180924-Constituicao-Comissao-Fundacao-Manuel-Martins-Missa

Ontem, dia 24 de setembro de 2019, celebrou-se o primeiro aniversário da morte de D. Manuel Martins. Na Eucaristia de Memória e Sufrágio, na Sé de Setúbal, o Bispo diocesano, que presidiu à celebração, anunciou a constituição da Comissão Preparatória para a criação da Fundação Manuel da Silva Martins.

“Hoje assinei o decreto de nomeação da Comissão Preparatória desta Fundação – assinalou D. José Ornelas – que terá a finalidade de preservar, cuidar e desenvolver a memória de D. Manuel  Martins, cultivando os valores humanos e cristãos que ela comporta, particularmente a identificação com o Evangelho e a Igreja, a defesa dos mais carenciados e sem voz e o diálogo coerente e corajoso com a sociedade, em ordem à criação de uma cultura de justiça e de paz”.

O Bispo de Setúbal assinalou ainda que, “em diálogo e colaboração com as diversas entidades civis interessadas e ativas neste campo” espera “fazer jus à memória do nosso primeiro Bispo, continuando a sua obra de dignidade e de justiça, como caminhos para a paz e sinal da presença dos valores do Evangelho, sobretudo em relação aos mais necessitados”.

Leia, em seguida, o decreto de nomeação do Bispo de Setúbal. 


Decreto de Nomeação

José Ornelas Carvalho, Bispo da Diocese de Setúbal,

  • Passado um ano do falecimento do primeiro Bispo desta Diocese, D. Manuel da Silva Martins;
  • Com o objetivo de preservar a sua memória e cultivar os valores humanos e cristãos que ela comporta, particularmente a identificação com o Evangelho e a Igreja, a defesa dos mais carenciados e sem voz e o diálogo coerente e corajoso com a sociedade, em ordem à criação de uma cultura de justiça e de paz;
  • Acolhendo o desejo manifestado por muitas pessoas e instituições da Igreja e da sociedade;
  • Ouvido o Colégio de Consultores e o Conselho Presbiteral;

Constitui a Comissão Preparatória
para a criação da Fundação Manuel da Silva Martins
integrada pelos seguintes membros:

Pe. Casimiro Simão Henriques (Presidente);
Prof.ª Doutora Ana Costa;
Pe. Carlos Filipe Silva;
Prof. Eugénio Fonseca;
Drª Helena Mattos;
Prof. Doutor Pedro Dominguinhos;
Dr. Rui Vila Nova.

A Comissão entra em funções à data da publicação deste decreto e deve concluir o seu trabalho no prazo máximo de um ano. 

Setúbal, Cúria Diocesana, 24 de setembro de 2018

O Bispo, D. José Ornelas Carvalho
O Chanceler, Padre Horácio Noronha

Partilhe nas redes sociais!
25 de Setembro de 2018