Alegra-te, Igreja de Setúbal, Nossa Senhora de Fátima vem visitar-te!

bispo50anos2

Caros Diocesanos,

A Mãe de Jesus está muito presente na nossa Igreja como o testemunha, entre outras coisas, o excelente livro do P. Lobato ‘Invocações Marianas na diocese de Setúbal’. Associámo-la, por isso, à ação de graças e à decisão de testemunhar Jesus, ao celebrar quarenta anos de Diocese, como refere o nosso atual lema pastoral: Setúbal, com Maria, alegra-te e evangeliza.

Nossa Senhora ‘ouviu’ o nosso desejo e vem visitar-nos – na sua imagem peregrina – antes do termo do ‘ano jubilar’. Chega dia 25 de outubro à Paróquia de S. Pedro da Marateca e parte para Évora, depois de percorrer todas as vigararias, no dia 8 de Novembro.

Oportunamente se distribuirá o programa.

Nossa Senhora vem visitar-nos!

Recebê-la é sempre uma graça mas desta vez a graça é maior porque a Mãe de Jesus nos vem convidar para participarmos, em 2017, no 1.º Centenário das suas aparições em Fátima.

Recebê-la implica também o desafio de escutar e de aceitar o convite para ir a Fátima em peregrinação física e espiritual; o desafio da oração e da conversão a viver como discípulo missionário de Jesus; o desafio de lutar contra o pecado e contra a cultura sem Deus; o desafio de cuidar dos mais pobres!

Nossa Senhora vem visitar-nos!

Vem por ocasião da Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, em Roma, dedicada à família na Igreja e na sociedade. Durante a visita vamos pedir-lhe que nos ajude a tornar as nossas famílias nas comunidades de vida, de amor e de fé que já são pelo sacramento do matrimónio; que nos ensine a apoiar os jovens e os noivos na descoberta do tesouro da família cristã e a estar atentos às famílias em sofrimento; que nos ajude a melhorar a pastoral da família que é o centro do nosso próximo projeto pastoral com o tema “Setúbal, evangeliza a família, com as famílias”.

Nossa Senhora vem visitar-nos!

A visita de Nossa Senhora precede o Jubileu da Misericórdia cuja abertura solene é no dia 8 de dezembro. Também esta coincidência é graça pois que a Virgem Maria é mestra e ‘mãe da misericórdia’ como rezamos na Salve Rainha. Ela nos ajudará a descobrir, acolher e testemunhar a misericórdia divina a todas as pessoas. E nos ensinará a estar ao pé dos mais pobres e fragilizados, como ela esteve junto à cruz de Jesus; e nos ensinará a praticar, dia a dia, as Catorze Obras de Misericórdia.

Nossa Senhora vem visitar-nos!

Alegremo-nos. Demos graças. Evangelizemos a todos.

Marquemos a data da visita da Mãe do Céu sobretudo na nossa memória. E, desde já, comecemos a saboreá-la e a preparar o coração com actos próprios para a receber.

Aproveitemos a visita da Virgem Peregrina, como pede a Conferência Episcopal, para crescer na fé, sobretudo “pela participação na Eucaristia, pelo sacramento da Penitência e Unção dos Doentes; pela incentivação da adoração diante do Santíssimo Sacramento tão presente na espiritualidade de Fátima”;

para relançar “o Rosário nas famílias cristãs, acompanhado pelas meditações bíblicas e silêncio contemplativo”; e para convidar “as crianças a crescer no amor a Jesus e a Nossa Senhora, seguindo o exemplo dos Pastorinhos;

e ainda para acolher “a Virgem Peregrina de Fátima como a imagem da ‘Igreja em saída’, que vai ao encontro dos seus filhos e filhas em todas as periferias, para lhes levar o anúncio de Jesus Cristo como único Salvador”.

Recomendo ainda que, para apoiar esta preparação, rezemos em cada dia, com a boca e com o coração, a oração composta para esse fim, se possível em família e nos nossos diversos encontros, a partir de 16 de Julho, dia de Nossa Senhora do Carmo.

Saúdo a todos em Jesus Cristo, nascido de Maria, pela graça do Espírito Santo.

 

16 de julho de 2015 e quadragésimo ano da criação da Diocese.

 

+Gilberto,Bispo de Setúbal

Partilhe nas redes sociais!
29 de Julho de 2015