comprehensive-camels

#GetReady: jovens “à conversa com o Salvador” no encontro de maio

Testemunho de um jovem que participou no encontro Get Ready “Levanta-te e vai em missão”

Sou Diogo Costa, estudante de 22 anos, e pertenço à paroquia de Nossa Senhora da Consolação do Castelo de Sesimbra, onde integro o Grupo de Jovens. Gostaria de partilhar um pouco da experiência que eu e outros 6 jovens da diocese, representando cada um a sua vigararia, tivemos ao conhecer a experiência de vida do Salvador Mendes da Silva.

Essa conversa à mesa-redonda (online, claro) que se realizou no passado dia 16 de maio integrou-se nas atividades de preparação para as Jornadas Mundiais da Juventude, a realizar em Lisboa em 2023. Para este mês de maio o tema proposto é “Levanta-te e VAI EM MISSÃO”, uma temática intrinsecamente ligada ao Apoio Social e às ações de voluntariado. No entanto, neste contexto de isolamento social em que todos vivemos, essas opções encontram-se muito limitadas e pensou-se então em promover uma conversa com Salvador Mendes da Silva, presidente da Associação Salvador. Essa organização dedica-se a auxiliar todos aqueles que sofrem de mobilidade reduzida, sendo o Salvador ele mesmo tetraplégico fruto de um acidente que sofreu aos 16 anos. Quem melhor do que ele para nos mostrar que mesmo nas situações aparentemente mais sombrias e limitativas nos podemos DAR EM MISSÃO pelos outros?

Nesse dia tivemos todos a oportunidade de conhecer o Salvador, ouvir o seu testemunho e fazer-lhe algumas perguntas sobre aquilo que fomos conversando. Posso dizer que é uma experiência extraordinária conhecer alguém com a energia, a força de vontade e o entusiasmo pela VIDA que o Salvador possui. Podemos pensar que alguém que necessita constantemente da ajuda de outrem para satisfazer as suas mais básicas necessidades e que se encontra limitado a uma cadeira de rodas terá dificuldade em ser feliz, para mais sabendo o que é ser independente. No entanto, o Salvador veleja, sai com os seus amigos e família, janta fora, entre muitas outras coisas. Na sua limitação, não se deixou abater e, pelo contrário, dedica a sua vida ao serviço ao outro e sensibiliza todos nós a sermos mais compassivos e atentos, enquanto sociedade, aos nossos irmãos de mobilidade reduzida. Em suma, vive uma vida plena e feliz, talvez mais que muitos de nós, embrenhados no conforto dos nossos egoísmos.

Retiro dessa conversa que, em qualquer circunstância, a angústia e o derrotismo não nos devem impedir de viver uma vida plena, não só no plano pessoal, mas também no serviço aos outros. Nós, que como o Salvador somos animados pela fé, não devemos desistir, pois temos a certeza de que o Cristo Ressuscitado prepara um lugar para nós junto dele, que a Luz ilumina sempre por mais escuro que esteja.

Se essa conversa de mais de 1 hora e este longo texto pudessem ser resumidos em curtas linhas, numa mensagem a reter, seriam estas:

Sede sempre alegres. Orai sem cessar. Em tudo dai graça. Esta é, de facto, a vontade de Deus a vosso respeito em Jesus Cristo. (1 Ts 5,16-17).

Diogo Costa, Paróquia do Castelo de Sesimbra

 

 

#GetReady maio: Levanta-te e VAI EM MISSÃO!

Partilhe nas redes sociais!
23 de Maio de 2020